Bombeiros Voluntários de Barcelinhos
97 anos de história... rumo ao centenário!
Home / Associação Humanitária / Barcelinhos quer heliporto e renovar frota

Barcelinhos quer heliporto e renovar frota

“Um ano após a inauguração do novo quartel, os Bombeiros Voluntários de Barcelinhos estão a celebrar, este fim-de-semana, o 96.º aniversário, pretexto para recordar que ainda falta concretizar a terceira fase da obra e que é necessário renovar o parque de ambulâncias de transporte de doentes não urgentes.
“O investimento (no novo quartel) foi imenso, mas o esforço financeiro valeu a pena”, referiu o presidente da Direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos, que falava ontem, na sessão solene comemorativa.

José Arlindo Costa aproveitou para lembrar que falta concretizar a terceira fase da obra que contempla a construção do heliporto, do hangar para veículos e do ginásio “para ajudar a manter a constituição física do corpo activo”.
Outro desafio da corporação é a renovação da frota de ambulâncias de transporte de doentes não urgentes. “Temos veículos com 900 mil Km a circular e outros com mais de 20 anos. Hoje benzemos quatro novas ambulâncias, mas precisamos de pelo menos mais duas. É esse o nosso objectivo para os próximos anos”, referiu.

O presidente da Direcção recordou ainda o esforço financeiro feito pela corporação no último ano: 700 mil euros (do total de dois milhões que custou a obra) relativos ao quartel; 100 mil euros investidos na aquisição de equipamentos de protecção individual para o corpo activo; e 180 mil euros gastos nas quatro novas ambulâncias.

No decorrer de uma cerimónia que ficou marcada pela contenção — em virtude da tragédia que assolou Pedrógão Grande — o comandante da corporação, José Beleza realçou que os Bombeiros de Barecelinhos tem vindo a aumentar a sua capacidade de resposta, ano após ano, quer ao nível do socorro, quer ao nível do transporte de doentes. “O melhor socorro resulta de termos bombeiros cada vez melhor preparados e melhor equipados”, constatou.

Distinguido em Maio pela Liga dos Bombeiros como ‘comandante do ano’, José Beleza foi ontem também homenageado pela Associação Humanitária dos Bombeiros de Barcelinhos. Em assembleia geral foi aprovada, por unanimidade, a atribuição a José Beleza da medalha de serviços distintos grau ouro. A distinção foi-lhe entregue ontem.

Dos discursos que integraram esta sessão solene, destaque ainda para a intervenção do presidente da Federação Distrital de Bombeiros. O inspector Fernando Vilaça evidenciou que, em Portugal, 95% do socorro é prestado por bombeiros. “É necessário que o poder central e o poder local encarem as corporações como o seu braço armado de protecção civil e contribuam para a sua sustentabilidade”, defendeu Fernando Vilaça.

O presidente da Liga de Bombeiros, comandante Jaime Marta Soares, deixou aos bombeiros a garantia de que a Liga lutará, até às últimas consequências para que se resolvam “as coisas que estão mal relativamente aos bombeiros”. Referiu ainda que, em 55 anos ligado aos bombeiros, nunca assistiu a nada como o que assolou o centro do país, louvando o esforço dos bombeiros que fez com que a tragédia não fosse ainda maior.”

Fonte: Correio do Minho

Veja Também

A Terra Treme

A 15 de Novembro, às 11h15m, a Terra Treme. A Autoridade Nacional de Emergência e …